JUIZ(A) DE PAZ ECLESIÁSTICO DA CONADEOM


A CONADEOM - CONVENÇÃO DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS - OBJETIVANDO TRAZER AOS SEUS LIDERES FILIADOS TADAS AS FACILITAÇÕES LEGAIS PARA MELHOR DESEMPENHO DE SEU MINISTÉRIO, LANÇA NA DATA DE HOJE, A OPORTUNIDADE DE RECONHECIMENTO E TITULARIZAÇÃO DE SEUS PASTORES(AS),BISPOS(AS) E LÍDERES DE MINISTÉRIO, COMO JUIZES DE PAZ ECLESIÁSTICOS, SEM ÔNUS E SEM COMÉRCIO, COMO MUITOS FAZEM POR AI.

VEJA:
O titulo Juiz de Paz Eclesiástico é um Titulo Honorífico, já que cada Ministro do Evangelho pode celebrar casamento Religioso com efeito civil conforme Leis abaixo:

De acordo com a Constituição Federal do Brasil, Capitulo VII, Artigo 226, parágrafo 2º, da Lei 1.110, de 23 de Maio de 1950 e da Lei Nº 6.015, de 31 de Dezembro de 1973, mediante certidão de habilitação para casamento Civil e em casos específicos sem habilitação, estabelecidos pelos artigos 1515 e 1516, do Código Civil, todos os Ministros Religiosos atuantes em seus ministérios poderão exercer e serem titulados. É a autoridade dotada de função indelegável, conferida pela própria Constituição, com competência para, na forma da lei, celebrar casamentos.

QUEM TEM DIREITO?
PASTORES, PASTORAS, BISPOS, BISPAS, APÓSTOLOS, APÓSTOLAS, LIDERES DE IGREJA, QUE SÃO COVNENCIONADOS A CONADEOM, COM O TEMPODE CARÊNCIA MINIMA DE 3 (TRêS) MESES, EM DIAS COM A CONVENÇÃO.

ATENÇÃO
 SERÁ SOLICITADO UMA OFERTA MINISMA A PARTE DE R$30,00 (TRINTA REAIS) PARA COBRIR A CONFECÇÃOD E DOCUMENTOS APROPRIADOS, E DESPESA COM CORREIOS.



OS INTERESSADOS DEVEM ENTRAR EM CONTATO CONOSCO.

Ao redor do mundo